domingo, 16 de outubro de 2016

PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA - 2016 - FOI CONSAGRADO A UM ARTISTA/ESCRITOR/POETA/CANTOR, ENFIM UM SER DAS ARTES COMPLETO. GRANDE BOB DYLAN.

Este merece ser referenciado sempre, o NOBEL DE LITERATURA 2016 vai para BOB DYLAN. Bob Dylan (nome artístico de Robert Allen Zimmerman; Duluth, 24 de maio de 1941), compositor, cantor, pintor, ator e escritor norte-americano.

Nascido no estado de MINNESOTA, neto de imigrantes judeus russos, aos dez anos de idade DYLAN escreveu seus primeiros poemas e, ainda adolescente, aprendeu piano e guitarra sozinho. Começou cantando em grupos de rock, imitando LITTLE RICHARD e BUDDY HOLLY, mas quando foi para a UNIVERSIDADE DE MINNESOTA em 1959, voltou-se para a “folk music”, impressionado com a obra musical do lendário cantor folk WOODY GUTHRIE, a quem foi visitar em NOVA YORK em 1961.


Em 2004, foi eleito pela renomada revista ROLLING STONE o maior cantor de todos os tempos e, pela mesma revista, o melhor artista da música de todos os tempos, ficando atrás somente dos BEATLES, e uma de suas principais canções, "LIKE A ROLLING STONE", foi escolhida como uma das melhores de todos os tempos.


Influenciou diretamente grandes nomes do rock americano e britânico dos anos de 1960 e 1970. Em 2012, DYLAN foi condecorado com a “MEDALHA PRESIDENCIAL DA LIBERDADE” pelo Presidente dos Estados Unidos BARACK OBAMA.

Sua poesia argumentativa remetia aos melhores momentos de WOODY GUTHRIE, um dos maiores nomes do “folk norte-americano”, mas DYLAN chamava a atenção pela contundência dos versos e pela força de rimas que surgiam como tapas na cara de uma audiência estupefata.

Se as comparações com o alemão BERTOLT BRECHT eram pertinentes por um lado, de outro soam fora de contexto, já que a habilidade de DYLAN para construir e juntar e POESIA e MÚSICA extrapolaram e extrapolam qualquer expectativa.

Dentro do ROCK, provavelmente apenas PETE TOWNSHEND (The Who) e NEIL YOUNG conseguem ombrear DYLAN – e somente até certo ponto – em qualidade de letras.

Soberbo e supremo, BOB DYLAN uniu as melhores qualidades dos dois mundos – rock e literatura – para criar uma arte estupenda. Conseguiu aliar a rebeldia, a fúria e a ânsia libertária com a mais alta qualidade poética para fazer o rock arrombar os portões dos salões eruditos do PRÊMIO NOBEL. Empurrou o ROCK para um de seus degraus mais altos e fez do paradoxo o grande combustível para impulsionar o gênero para o patamar máximo das artes. Não é pouca coisa.


Fonte: WIKIPÉDIA (2016) e MARCELO MOREIRA (articulista da Folha de São Paulo)

Nenhum comentário:

AddThis

Share |

BARRA DE VIDEOS

Loading...

BRASIL - BANDEIRA NACIONAL

BRASIL - BANDEIRA NACIONAL

SOMOS FELIZES DA MANEIRA QUE VIVEMOS! TEMOS TUDO QUE NECESSITAMOS! TEMOS AO NOSSO LADO QUEM QUEREMOS!

VIAGEMPÉDIA - VIAGENS PROMOCIONAIS

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias