sexta-feira, 1 de setembro de 2017

VISTA AÉREA DE TAPIRA - MINAS GERAIS - BRASIL




Nos dias que aconteceram a EXPOTAP, e, com a utilidade de helicóptero fizemos um voo sobre a cidade onde estamos vivendo e trabalhando, foi interessante, principalmente tendo ao fundo os imensos maciços que são os relevos montanhosos de entrada ao PARQUE NACIONAL DA SERRA DA CANASTRA.







domingo, 9 de julho de 2017

Uberaba em Fotos: LUCÍLIA ROSA (UBERABA-MG, 1912-2011), FILHA DE ALFAIATE ANARQUISTA, FOI FEMINISTA E ATUOU NO MOVIMENTO POPULAR DESDE OS ANOS DE 1930.

A TRAJÉTORIA DE UMA CENTARIA SENHORA QUE VIVEU POR SUAS CONVICÇÕES POLITICAS.


Tivemos o prazer de conhecer Dª. LUCILIA já em avançada idade, algum tempo antes de sua morte, e, confessamos que aquela senhora nos surpreendeu: primeiro pela própria simplicidade com que vivia, pois, era totalmente despojada de bens, porém, tinha um patrimônio moral e politico, coisa que carece muitos nos politcos brasileiros; e, a sua maneira encarava a vida salutarmente.


Em segundo plano, nosso respeito pela defesa de suas convicções politicas, as quais, não se alteraram nem mesmo nos períodos das duas ditaduras que por ela passou: a da “ERA VARGAS”, e, a do “REGIME MILITAR”; inserindo nisso todo o tempo da clandestinidade que seu partido politico fora colocado.


Independentemente, do que professava politicamente, nos temos que “TIRAR O CHAPÉU” para a mesma, pois, ao contrario de nossos políticos atuais, que “vão e vem” ao sabor do vento com uma folha de bananeira em um campo, ela se firmou e sobreviveu a tudo; repassando-nos uma lição de que as “CONVICÇÕES”, mesmo quando dela divergimos temos de respeitar, pois, valores são coisas que pessoas agregam ao longo de uma vida, e, não os abandona por interesses mesquinhos que sempre estão a desviar os verdadeiros ideais de luta e transformação social.


LUCILIA ROSA (Uberaba-MG, 1912*/2011+), filha de alfaiate anarquista, foi feminista e atuou no movimento popular desde os anos de 1930.


Filiou-se ao PCB (PARTIDO COMUNISTA BRASILEIRO) aos 18 anos, e, elegeu-se aos 35 anos uma das 16 primeiras vereadoras de MINAS, em 1947, no município de CAMPO FLORIDO.


Exerceu as profissões de professora, costureira, faxineira e cozinheira. Em SÃO PAULO, ajudou a cuidar, em 1962, dos filhos de LUIZ CARLOS PRESTES, dirigente do PCB, e morou clandestinamente com ANITA, filha de PRESTES com OLGA, de 1970 a 1972, nos anos duros da Ditadura Civil-Militar. A vida dela está registrada no livro “LUCILIA - ROSA VERMELHA”, de autoria do jornalista LUIZ ALBERTO MOLINAR e da historiadora LUCIANA MALUF VILELA.


Afinal de contas o verdadeiro DEMOCRATA é aquele que sabe conviver com os divergentes, respeitando-lhes as convicções e os valores de vida, principalmente, quando o seu comportamento é compatível com aquilo que sempre acreditou.


Há hoje uma falta de “fidelidade partidária”, total ausência de “ideias”, de “programas”, e, de “propostas” políticas para nortear as ações. As siglas partidárias do BRASIL em sua grande maioria é uma barafunda, donde, se têm de tudo menos crença e convicção de ideiais, pois, se transformaram em legendas de aluguel, abrigando verdadeiras “QUADRILHAS”, nos quais, a nossa grande dúvida quanto as mesma é o fato de não sabemos quem tem a capacidade de ROUBAR mais, e, ou, a de ser o campeão da CORRUPÇÃO.


Finalizando, para reflexão de nossas elocubrações, por mais divergentes que são as IDEIAS e IDEAIS, e, por mais divergências temos em um REGIME DEMOCRÁTICO, para registro deixamos abaixo um pensamento acerca dessa projeção política de FRIEDMAN, o qual, tido como um dos “gurus” do pensamento politico e econômico liberal do mundo contemporâneo:


“A política, esvaziada, deixa de ser instrumento de realização dos fins sociais; abastardada, é a arte da mentira, do engodo, da farsa, da fraude, do subterfúgio. Da coisa sempre menor, dos projetos individuais, da traição aos interesses coletivos. A política é reduzida a um inócuo exercício institucional, organizando eleições defraudadas e corrompidas das quais emergem governos fraudulentos e corruptos, em eleições que não valem nada porque nada mudam. Assim, o povo vai sendo expulso da ágora*, e, cada vez menos se identifica com seus mandatários ou com as instituições de governo”.

* ÁGORA = "assembleia", "lugar de reunião", derivada do grego: ἀγείρω, "reunir" - é um termo grego que significa: a reunião de qualquer natureza.


(FRIEDMAN, MILTON - um dos mais destacados economistas do SÉCULO 20; influentes teóricos do liberalismo econômico; ganhou o NOBEL de sua área em 1976, ele nasceu na cidade de NOVA YORK (Estados Unidos) em 31/07/1912; e, faleceu na cidade de SÃO FRANCISCO (Estados Unidos) em 16/11/2006.


WILSON COSTA E SILVA
ADVOGADO – EDUCADOR – LIVRE PENSADOR



terça-feira, 4 de julho de 2017

AS MUDANÇAS VIRTUAIS – VIVEMOS NOUTRO MUNDO!?

Repassando porque é uma mensagem muito interessante... Muitas mudanças ocorreram no mundo nos últimos tempos...

1) O SPOTIFY faliu as gravadoras;

2) O NETFLIX faliu as locadoras;

3) O BOOKING complicou as agências de turismo;

4) O GOOGLE faliu a Listel, Páginas Amarelas e as enciclopédias;

5) O AIRBNB está complicando os hotéis;

6) O WHATS APP está complicando as operadoras de telefonia;

7) As MÍDIAS SOCIAIS estão complicando os veículos de comunicação;

8) O UBER está complicando os taxistas;

9) A OLX acabou com os classificados de jornal;

10) O SMARTPHONE acabou com as revelações fotográficas e com as câmeras amadoras;

11) O ZIP CAR está complicando as locadoras de veículos;

12) A TESLA está complicando a vida das montadoras de automóveis;

13) O E-MAIL e a má gestão complicou os CORREIOS;

14) O WAZE acabou com o GPS;

15) O ORIGINAl e o NUBANK ameaçam o sistema bancário tradicional;

16) A Nuvem complicou a vida dos Pen drive(

17) O YOUTUBE complica a vida das tvs. Adolescentes não assistem mais canais abertos;

18) O FACEBOOK complicou a vida dos portais de conteúdo;

19) O COACHING mudou a forma de aprender, pensar e agir,  levando a um novo modelo mental, gerando resultados extraordinários em um curto espaço de tempo nas organizações;

20) O TINDER e similares complicando baladas e "similares"; e,

21) Com o BANCO ONLINE não precisa mais ir até às agências.

E você acha que vai durar quanto tempo seu emprego na forma atual?

...e você quer viver como vivia há 10 anos?

Temos que nos reinventar diariamente para continuarmos nesse "jogo" chamado VIDA.


VAMOS EM FRENTE... Não porque atrás vem gente... Mas, porque já tem muita gente na nossa frente!!!

sexta-feira, 14 de abril de 2017

“PENSÃO ALIMENTÍCIA”

PENSÃO ALIMENTÍCIA NÃO É POUPANÇA!

A pensão que pago não é para o futuro do meu filho? O que fazem com o dinheiro que sobra da pensão? Não fica depositado em conta?

É muito comum vermos pais indignados com os valores que dispendem aos filhos em caráter de PENSÃO ALIMENTÍCIA. Na verdade, a indignação se agrava quando um destes genitores acredita pagar mais do que realmente o filho necessita. É nesta perspectiva que um questionamento muito comum surge: “A PENSÃO QUE PAGO NÃO É PARA O FUTURO DO MEU FILHO?” ou “O QUE FAZEM COM O DINHEIRO QUE SOBRA DA PENSÃO? NÃO FICA DEPOSITADO EM CONTA?”.

É importante salientar que o termo “PENSÃO ALIMENTÍCIA” abrange todo tipo de assistência aos filhos, não só referente à alimentação, mas todas as necessidades esperadas e inesperadas no âmbito da habitação, do vestuário, do lazer, da saúde e educação entre outros. É o que aduz o art. 1.920 do Código Civil:

“O legado de alimentos abrange o sustento, a cura, o vestuário e a casa, enquanto o legatário viver, além da educação, se ele for menor”.

Portanto, os valores atribuídos à PENSÃO ALIMENTÍCIA tem sua finalidade no momento atual (no presente) e por isso não podem ter características de investimentos futuros como se fosse poupança.


Ademais, não é regra que o pagamento da PENSÃO ALIMENTÍCIA seja efetivado somente IN PECÚNIA, ou seja, aquele realizado através da entrega da quantia em dinheiro - por meio depósito em conta da pessoa que deve ser favorecida pelos ALIMENTOS; entregue pessoalmente mediante recibo, entre outros -, mas também IN NATURA, ou seja, a possibilidade daquele que paga ALIMENTOS responsabilizar-se diretamente pelas despesas (plano de saúde, escola, esporte, etc.). De acordo com RICARDO RODRIGUES GAMA:

[...] por alimentos entenda-se a obrigação de dar um montante, em dinheiro ou não, a outra pessoa, para a sua subsistência. Subentende-se, incluso em alimentos, o vestuário, a habitação, a educação, o lazer, a assistência médica e os medicamentos.

Assim, respeitando o BINÔMIO: POSSIBILIDADE e NECESSIDADE, ambos os genitores poderão ser os responsáveis pelo pagamento da PENSÃO ALIMENTÍCIA.

Ocorre geralmente que o genitor que reside com o filho fica responsável com as despesas diretamente, vez que o filho estará sob seus cuidados. Dessa forma, aquele que não residirá com o filho, ficará encarregado de contribuir com as despesas do filho, tanto da casa, quanto das necessidades básicas.

Isto porque, segundo ROLF MADALENO, os ALIMENTOS são os valores devidos à determinada pessoa que não pode prover seu sustento por meio próprios. O dever de pagar ALIMENTOS a alguém está fundado no dever de solidariedade existente entre membros de uma família, ou, parentes.


O direito aos ALIMENTOS também possui algumas características que devem ser observadas como, por exemplo, a caracterização como um DIREITO PERSONALÍSSIMO (somente o beneficiário pode usufruir da pensão recebida), e IRRENUNCIÁVEL (o beneficiário não pode abrir mão deste direito). No que tange a este direito, as verbas alimentícia, são exclusivamente destinados ás necessidades do alimentado e não do guardião daquele.

Diante de uma situação de desvio de finalidade alimentícia, não há a possibilidade de o alimentante ingressar com uma AÇÃO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS para saber onde o dinheiro da pensão está sendo realmente investido, uma vez que esta possibilidade não está prevista em nosso ordenamento jurídico atual.

Isto, pois, uma das características da verba alimentícia é a IRREPETIBILIDADE, ou seja, em regra, uma vez pagos, mesmo que indevidamente, não cabe pedido de devolução, isso porque tais valores já atingiram a sua finalidade assistencial.

Numa situação como esta é importantíssimo que se busque a ajuda de um ADVOGADO ESPECIALISTA para sanar esta problemática, haja vista a existência de vários mecanismos jurídicos como o diálogo saudável entre as partes mediante auxílio de conciliação e mediação ou até mesmo o ingresso de uma AÇÃO REVISIONAL.


EIVALDO FERREIRA ZAMFERRARI (Publicado por MARINGÁ ADVOGADOS)

AddThis

Share |

BARRA DE VIDEOS

Loading...

BRASIL - BANDEIRA NACIONAL

BRASIL - BANDEIRA NACIONAL

SOMOS FELIZES DA MANEIRA QUE VIVEMOS! TEMOS TUDO QUE NECESSITAMOS! TEMOS AO NOSSO LADO QUEM QUEREMOS!

VIAGEMPÉDIA - VIAGENS PROMOCIONAIS

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias