segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

AARON SWARTZ, FUNDADOR DO SISTEMA RSS, SUICIDOU-SE AOS 26 ANOS


O programador informático norte-americano Aaron Swartz, responsável pela criação do sistema RSS, foi encontrado morto na sexta-feira no seu apartamento em Nova Iorque, onde se terá enforcado. Tinha 26 anos e estava a poucas semanas de enfrentar um julgamento que o poderia condenar a 30 (trinta) anos de prisão.

Foi aos 14 anos que Swartz começou a escrever o seu nome na HISTÓRIA DA INTERNET. Com essa idade ajudou a criar a tecnologia digital RSS, um protocolo que permite a leitura dos sites através da subscrição de feeds (actualizações em tempo real). Poucos anos depois criou a REDE SOCIAL Reddit, uma comunidade de partilha de links que se auto-denomina O PORTAL DA INTERNET.

Aaron Swartz

O percurso profissional de Swartz confunde-se com a sua visão do mundo. Defendia a liberdade de circulação de conteúdos na INTERNET e em 2008, aos 22 anos, escreveu o seu próprio manifesto. O documento, que titulou GUERRILLA OPEN ACESS, começava assim: “A informação é poder. Mas como todo o poder há aqueles que querem guardá-lo para si.” Nele, Swartz defendia que todos deveriam ter acesso aos artigos científicos publicados online e apelava ao fim do que considerava “um roubo privado da cultura pública”.

Essa forma de estar valeu-lhe um processo na justiça. Em 2011, Swartz foi acusado de fazer download ilegal de 4,8 milhões de documentos científicos e literários (quase a totalidade do arquivo) da plataforma na INTERNET intitulada JSTOR, através da rede do MIT (Massachussets Institute of Technology). Se fosse condenado, estaria sujeito a uma pena de 30 anos de prisão e ao pagamento de uma multa de um milhão de dólares.

Enquanto alguns idealistas brigam pela liberdade de expressão e de acesso na INTERNET, pessoas obliteradas do mundo jurídico, cuja visão cartesiana e burocrática acereca da "liberdade", em particular, neste caso, através decisões tomadas por funcionários do Escritório em Massachusetts PROCURADORIA DOS EUA, e, no MIT, contribuiu para a sua morte. O ESCRITÓRIO da PROCURADORIA DOS EUA seguiu uma matriz processual excepcionalmente dura de encargos, levado potencialmente através dos atos jurídicos pelos quais teria ele infringido, justifiando a tentativa judicial em acioná-lo e condená-lo há mais de 30 (trinta) anos de prisão, para punir um suposto crime que não teve vítimas.

Um dos fundadores do CREATIVE COMMONS e professor de direito na UNIVERSIDADE DE HARVARD, Larry Lessig, criticou o procurador responsável pelo julgamento de Aaron Swartz:  "É absurdo o comportamento do procurador. Desde o início, o governo trabalhou tão duro como podia para caracterizar o que Aaron fez da forma mais extrema e absurda. A 'propriedade' que Aaron tinha 'roubado', disseram-nos, foi no valor de 'milhões de dólares' - com a insinuação e, em seguida a sugestão, que seu objetivo deve ter sido para lucrar com seu crime", escreveu Lessig, que era amigo pessoal de Aaron e ajudava informalmente na sua defesa.

"Essa pessoa (Aaron) hoje não está mais aqui, levada ao limite pelo que uma sociedade descente chamaria de bullying", protestou Lessig, com post em seu BLOG PESSOAL.

Cofundador da REDE SOCIAL de informação Reddit, muito famosa nos Estados Unidos, e militante em favor do acesso livre à INTERNET, Swartz foi encontrado enforcado na noite de sexta-feira em sua casa no Brooklyn, segundo os serviços médicos de NOVA YORK. Swartz também ajudou a criar, aos 14 anos, a tecnologia para compartilhar conteúdos online RSS. A família e os amigos do militante morto acusam a JUSTIÇA e o INSTITUTO DE TECNOLOGIA DE MASSACHUSSETS (MIT), que abriu a denúncia, de serem responsáveis em parte pelo suicídio do jovem.

"Nesse mundo, a questão que este governo tem de responder é por que era tão necessário que Aaron Swartz fosse rotulado como um 'criminoso'", afirmou o amigo. "Aaron literalmente nunca fez nada em sua vida para 'ganhar dinheiro'", continuou Lessig, afirmando que todo o trabalho do jovem era voltado para o bem público. "Ele era brilhante e engraçado. Uma criança genial", afirmou.









Nenhum comentário:

AddThis

Share |

BARRA DE VIDEOS

Loading...

BRASIL - BANDEIRA NACIONAL

BRASIL - BANDEIRA NACIONAL

SOMOS FELIZES DA MANEIRA QUE VIVEMOS! TEMOS TUDO QUE NECESSITAMOS! TEMOS AO NOSSO LADO QUEM QUEREMOS!

VIAGEMPÉDIA - VIAGENS PROMOCIONAIS

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias