terça-feira, 11 de março de 2014

“NINGUÉM É DONO DA VERDADE, SOMOS TITULARES DE OPINIÕES”

Abaixo transcrevemos um texto que postamos na página de uma amiga, a quem admiro e respeito; mas, por suscetibilidades de ordem intelectual nem sempre aprecia tudo que procuramos postar. Porém, acho importante, divulgar isso, pois, vamos aprimorar e procurar com o passar do tempo conhecendo a todos que aqui mantemos adicionadas páginas virtuais, e, obviamente, procurar preservar as amizades, ainda que virtuais, pois, isso é o que há de mais importante nas REDES SOCIAIS.

===========================================

REDES SOCIAIS.

Conheci e conheço praticamente todos que foram citados acima, isso, à exceção do Prof. THOMAS LEONARDUS, pois, já havia falecido; mas, no entanto, fui aluno de língua inglesa da esposa dele, em UBERABA. Foi ela, Dª. MARIA, a quem coube à missão editar o livro de memórias do mesmo, após a sua morte. Participei daquela noite memorável de autógrafos que ela mesma se encarregou de efetuar. Tenho comigo até hoje esse livro com uma linda dedicatória. Tudo isso aconteceu quando fazia o curso universitário de DIREITO em UBERABA, e, como morava na cidade, também, frequentava a casa da família nas reuniões que eram denominadas "NOITES DE MÚSICA CLÁSSICA".

Foram anos ricos de uma convivência cultural muito grande: Cine Clube, Teatro Amador, reuniões literárias, edição de jornais culturais, estudantis; e, também, claro, manifestações politicas contra a DITADURA MILITAR; além, de ter tido a oportunidade de ter convivido com a fina flor da intelectualidade da época aqui no TRIANGULO MINEIRO; pessoas que até hoje prezo o mais profundo respeito a todos eles.


                                                                       O RESPEITO


Sempre procurei ao longo da vida ter o maior respeito pelo trabalho de todos, seja artesanal, industrial, e, ou, cultural. Entendo que tudo que aprendemos vem de um ACERVO de muita inspiração, e, também, transpiração, já que as realizações de algumas coisas levam ao cansaço físico. No trabalho de pesquisa e coleta de dados históricos, por exemplo, de uma sociedade em evolução, todos nós temos o nosso valor pelas habilidades e capacidades que desenvolvemos.

Sou muito eclético na convivência humana, nas questões de caráter: intelectual, social, racial, sexual, politica, etc. Totalmente despojado de preconceitos, pois, se já tenho uma ideia concebida de alguma coisa, antes de avaliar, não estou e nem estarei preparado para vê-la, muito menos entender, e, saber tirar proveito naquilo que ela tem de mais positivo. Por isso, PROCURO NÃO FOCAR EM UMA ÚNICA COISA, para não reduzir o intelecto a uma VISÃO ATOMÍSTICA de tudo que compõe a nossa existência.


                                                                          A PROCURA


Isso é o que faz a civilização vicejar e termos ao nosso dispor a CULTURA e a ARTE que cada um é capaz de compor e apresentar. Por exemplo, para mim os seus poemas são de uma graciosidade que me encanta; suas crônicas são textos excelentes descrevendo o nosso cotidiano; e, em especial a sua última crônica que li sobre algo que chamaria hotel dos amigos, donde fala da folga de muitos quando hospedam em nossas casas, achei excelente. Como pode ver, tudo tem seu valor.

Aprendi, no manejo com as REDES SOCIAIS, não só preservar uma ETIQUETA no trato com todos, e, uma ÉTICA de postagem, donde, nunca quero ter ou tido a pretensão de ofender a ninguém. Deixo a janela de postagem de minha página sempre aberta para os amigos: tanto os já conhecidos como “PRESENCIAIS (pessoalmente)”, como os “VIRTUAIS”, possam postar suas ideias e dar inicio ao bom debate. Só não admito para mim e nem para os outros: ofensas à HONRA de ninguém; e, espero, bem como acredito nisso, que de minha parte isso não ocorreu.

                                                                            O MANEJO


Mas, a pluralidade de ideias, ah, isso é muito importante, ninguém pode dizer ao contrário, como você mesmo observou. Ora, NINGUÉM É DONO DA VERDADE, SOMOS TITULARES DE OPINIÕES”, e, num MUNDO DEMOCRÁTICO com LIBERDADE DE EXPRESSÃO isso se torna fundamental.

Nas postagens que recebo não as elimino, e, à medida da necessidade de espaço para novas coisas, jogo tudo na chamada “LINHA DO TEMPO”, e, ou, “NUVENS”, pois, a tecnologia em informática e aprimoramento de programas evolui numa velocidade que nossa própria capacidade de acompanhar é muita lenta; mas, insistimos e procuramos estar a par das novidades. Entendo que isso é respeito por quem escreveu, e, espera de mim uma opinião, ainda, que seja uma simples manifestação de “curtiu”.


                                               OPNIÕES


Tenho milhares de amigos virtuais pelo BRASIL e o MUNDO, não só no FACEBOOK, como em inúmeros outros sites de REDES SOCIAIS”, pois, tanto eu, quanto alguns amigos ligados a essa nova forma de comunicação sonhamos um dia realizar o I ENCONTRO INTERNACIONAL DE USUÁRIOS DE REDES SOCIAIS”, o FINUSE abreviatura em inglês do nome desse certame.

Não sei quando isso vai acontecer, tenho que resolver uma questão de saúde, através de uma cirurgia agora no inicio de abril; e, há, ainda, uma tremenda logística para aprimorar isso. Claro, que quem esta SOMANDO conosco, concordaram eles que esse EVENTO dar-se-ia em nossa cidade: ARAXÁ. Agora o que vira pela frente só o futuro dirá.


                                                                       VIRTUALIDADE

Considero ofensivo retirar ou excluir postagens das páginas, claro, a não ser que haja um pedido especial para tanto. Tenho que respeitar vontade, se não reclamam entendo que todos nós estamos aqui para participar do grande debate humano e cultural que envolve as questões que postamos. Procuro observar sempre isso, e, quando percebo que há uma continua exclusão de textos com ideias e debates, ou até mesmo de uma singela canção, que viermos a postar, procuramos não prosseguir com o CICLO DE DEBATES naquela página da amiga ou do amigo.

Assim, pelo que pudemos observar o nosso último texto acerca do lançamento do livro do Prof. ERNESTO ROSA causou certo estremecimento e discordância acerca do trabalho do mesmo; o qual, DESDE JÁ, DIGO QUE ACHO EXCELENTE, pois, sempre será mais um INTELECTUAL participando dessa grande ALDEIA CULTURAL que desejamos para o nosso MUNDO DO CONHECIMENTO”.


                           QUADRO: CEGUEIRA CULTURAL - NEIL YOUNG

Finalmente, como podemos ver, procuramos sempre respeitar o que uma amiga, ou, um amigo pensa, não só por suas condições sentimentais, mas, por respeitamos as qualidades e a condições culturais de cada um, naquilo que é capaz de dar o seu melhor. Portanto, se necessário for, por respeito que aprendemos a cultivar em nossa formação de vida, caso queira, evitaremos no futuro de postar em vossa página qualquer coisa, embora queiramos preservá-la, para que possamos continuar a ler as excelências de sua contextualização virtual.

Tenha a semana mais excelente de sua vida, do amigo,


WIL COSTA E SILVA.

Nenhum comentário:

AddThis

Share |

BARRA DE VIDEOS

Loading...

BRASIL - BANDEIRA NACIONAL

BRASIL - BANDEIRA NACIONAL

SOMOS FELIZES DA MANEIRA QUE VIVEMOS! TEMOS TUDO QUE NECESSITAMOS! TEMOS AO NOSSO LADO QUEM QUEREMOS!

VIAGEMPÉDIA - VIAGENS PROMOCIONAIS

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias