sexta-feira, 25 de junho de 2010

PERFIL


Sou um defensor incansável do respeito ao princípio da dignidade da pessoa humana. O que há de minha parte é indignação, quando alguém é injustamente achincalhado, ou, tem colocado em dúvida a sua reputação pessoal. Por isso, continuo atento. São lamentáveis muitas vezes informações, ou, melhor dizendo, futricas que ouvimos de outrem acerca dessa ou daquela pessoa; pois, da mesma forma com que, espinafram a honorabilidade de um terceiro, o farão acerca de mim próprio quando ausente estiver.

          Assim, quando ouço algo, em face desse comportamento desairoso do ser humano, indigno-me contra isso; e, quando não posso controlar sinto o asco das palavras pérfidas que possa sair dos lábios de alguém, pela mera satisfação de estar denegrindo a honorabilidade de alguém. Sempre procurei ao longo de minha existência, seja daquilo que ouço no exercício profissional, ou, na confiança das relações humanas, ter a fixação de que sempre devo manter respeito à intimidade, e, ao sigilo acerca das informações que posso ter de qualquer pessoa.

          Sou uma pessoa muito tranquila e estou feliz, até mesmo porque toda ação tem uma reação, e, eu que tenho fé no meu Deus; sei que a maturidade e a vida, mais cedo ou mais tarde dá a cada um dos seres humanos a "colheita" daquilo que cada um plantou.

            Jamais devo ou deverei deixar o meu nome ser maculado em ilicitudes injustas, embora saibamos que isso possa ocorrer. Lamentável. Ainda que tentemos compreender um comportamento dessa espécie, a maldade crassa entre as pessoas. Apenas deixamos aqui uma sugestão: curta mais a vida, e, acima de tudo, preserve valores como o respeito a si próprio..., pois, disso irá descobrir que: "pode ir muito mais longe depois de pensar que não poderia mais (...)”



            A nossa honorabilidade e como uma folha de papel totalmente branca e inteira. Quando alguém ataca a honra de outrem, isso é como se essa folha fosse recortada em pedacinhos, e, esses, contendo a picardia do intrigueiro, colocados ao sabor de uma lufada de vento, levarão esses recortes a inúmeros lugares. Jamais, depois disso feito, conseguiremos recompor essa folha, pois, a informação, ou, informações cheias do veneno da calunia, da difamação, ou, da injuria, já se terá espalhando por tudo quando é canto; e, tudo que resultará e ficará será sempre as péssimas informações que repercutirão para sempre, em razão de uma ou mais palavras mal ditas, ainda que, tentemos recompor essa folha.

          Para os outros posso ser aquilo que pensam que eu sou; e, para mim não há resposta a essa pergunta: quem sou? Wilson? Wil! Uma pessoa capaz de amar? Capaz de perdoar? Feliz? Triste? Vencedor? Talvez em cada dia eu externe algo de mim..., sei lá...; sobre o que penso uma coisa já tenho certeza: não há certo e errado..., cada um vive conforme as suas convicções e desejos..., o que há são apenas convenções.

O DIREITO (a lei) foi criado apenas para conter ações, que para a sociedade, em determinado espaço de tempo, entende ser inaceitável..., mas o próprio ser humano já comprovou que nem mesmo a "lei dos homens" é capaz de deter: os instintos, os desejos, a loucura...

Para tanto, basta analisar a explanação que há acima onde retrata a repercussão de uma ou mais palavras ditas incorretamente, com a seiva da calunia, da difamação, e, da injúria contra qualquer um. Assim, entendo, então, que o certo, e, aquilo que possa ser ou estar errado é prerrogativa de cada pessoa; no exercício de seu livre arbítrio; pois, cada um de nós pode fazer da vida o que bem entender... Apenas o meu hoje é fruto do que fiz antes...; e, que posso estar onde eu quiser, e, ser o que eu quiser...; e, assumir essas consequências, seja elas: boas ou ruins.

          Para nós, qualquer espaço virtual, deve e deverá sempre ser usado com muita responsabilidade, seja ele sob a forma de uma página em qualquer site da chamada “REDE SOCIAL”, seja um BLOG, e, ou qualquer outro meio que somente o dinamismo da INTERNET, permite que todos possamos se expressar, sem necessariamente sermos uma celebridade em campo algum. A nossa frase que resumiria o nosso PERFIL, e, o nosso pensamento, além do nosso jeito de ser acerca de tudo isso, é:

No(s) relacionamento(s) sempre existe, ou, há um intervalo, entre os sentimentos e procedimentos. Distintos, talvez necessários, pois, temos sempre que distinguir essa diferença e digeri-la de forma sensata e táctil”.

4 comentários:

Marliborges disse...

Bom dia, Wil,
Cheguei aqui por acaso e não é por acaso que voltarei. Gostei dos posts. Parabéns pelo Blog. Sucesso.

Também acredito nas palavras de Shakespeare, principalmente quando ele nos diz que a gente " ...pode ir muito mais longe depois de pensar que não poderia mais (...)". É verdade. Experiência própria. E vamo, que vamo!!! Bjssss

Marliborges disse...

Olá Wil, eu de novo.
Dessa vez para agradecer o comment lá no meu cantinho. Respondi lá mesmo, mas deixo transcrito aqui também.

"Valeu, Wil!! "Deus salve as mulheres"
É bem assim, "de pessoas preocupadas e solidárias o inferno está cheio" e como disse Jesus "a fé sem obras é morta". Mas o que fazer, eu, tu e os outros que não temos em nossas mãos o poder para modificar tais situações? Trazer a público e rezar. Sim, rezar, somente. Bjssss"

Bye.

José Sousa disse...

Olá amigo, muito bem o que aqui descreve. Obrigado por comentar no meu blog. Conheça os meus 3 blog's.

www.minhaalmaempoemas.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com
www.congulolundo.blogspot.com

Um abração

DOUGLAS disse...

muito bom seu blogg gostei muito dos texto

AddThis

Share |

BARRA DE VIDEOS

Loading...

BRASIL - BANDEIRA NACIONAL

BRASIL - BANDEIRA NACIONAL

SOMOS FELIZES DA MANEIRA QUE VIVEMOS! TEMOS TUDO QUE NECESSITAMOS! TEMOS AO NOSSO LADO QUEM QUEREMOS!

VIAGEMPÉDIA - VIAGENS PROMOCIONAIS

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias